25 de mar de 2009

Ceará realiza XIII Encontro Internacional de Negócios do Nordeste

Objetivo do evento que começa nesta quarta (25) é abrir novos mercados para as pequenas empresas da região

Ana Lúcia Machado
Fortaleza - A crise não reduziu as ações do Sebrae no Ceará na prospecção de novos mercados para as micro e pequenas empresas do Estado. Uma prova é a realização, a partir desta quarta-feira (25), no Centro de Negócios do Sebrae no Ceará, do XIII Encontro Internacional de Negócios do Nordeste.

Com a participação já confirmada de compradores de 14 países e de dez estados brasileiros, por causa da crise internacional, foram revistos os objetivos do evento que agora está focado em estimular contatos com compradores mais adequados à produção das micro e pequenas empresas da região...

Destinado a pequenas e microempresas exportadores ou com potencial exportador, o Encontro Internacional de Negócios do Nordeste vai funcionar como uma vitrine para os empreendedores de pequeno porte, interessados em ter acesso aos mercados nacional e internacional.

Além disso, o Sebrae/CE formatou esta décima terceira edição do evento com uma preocupação especial na abertura de mercado no Mercosul, em países como Paraguai, Chile e Peru, e em buscar compradores potenciais em países de continentes mais distantes e inexplorados pelas micro e pequenas empresas nordestinas, como Jordânia e China.

Além desses compradores internacionais estarão circulando pelo Centro de Negócios do Sebrae/CE onde o evento acontece, representantes de empresas do Senegal, Cabo Verde, Alemanha, Suíça, Egito, Espanha, França, Portugal e Costa Rica.

As Rodadas de Negócios que acontecem com agendamento prévio, serão realizadas nos dias 26 e 27, das 8h às 18h. Os que querem comprar e os que querem vender vão sentar à mesa para negociar Alimentos, Bebidas, Artesanato, Cosméticos, Floricultura, Moda Praia, Moda Íntima e Moda Casual.

Este ano, apesar da retração e queda do consumo, o Sebrae/CE trabalha com a possibilidade de manter o mesmo volume de negócios de 2008, quando foram movimentados R$ 30 milhões no fechamento de negócios imediato e ou a médio e longo prazos.

Para o Sebrae no Ceará, com a crise mundial, mais que aumentar o volume de negócios fechados, o Encontro Internacional deste ano pretende ampliar as possibilidades de mercado, funcionando como uma vitrine do potencial das micro e pequenas empresas nordestinas no mundo globalizado.

Promovido pelo Sebrae no Ceará, o XIII Encontro Internacional de Negócios do Nordeste tem a parceria da Facic, Faec, Associação Comercial do Ceará, Fecempe, Correios, Fecomércio, Apex, Banco do Nordeste, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Fiec, Governo do Estado do Ceará, Governo Federal e Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção.

Serviço:
Sebrae/CE - (85) 3255-6600


0 comments:

Postar um comentário

Resultado da pesquisa