21 de abr de 2009

Banco da Amazônia apresenta linhas de crédito para empresários industriais

Micro e pequenos empresários industriais foram apresentados, na tarde desta terça-feira, 17, a novidades do programa FNO – Amazônia Sustentável (Fundo Constitucional de Financiamento do Norte), do Banco da Amazônia. O encontro aconteceu na Federação das Indústrias do Estado do Acre (FIEAC), com a participação do superintendente regional do Banco, Marivaldo Neto, já anunciando que neste ano os investimentos do Fundo para o Estado serão 27% superiores em relação a 2008...
Entre os principais produtos do FNO para os empresários locais estão a segmentação de clientes; o FNO Exportação; financiamento em imóveis alugados; compra de máquinas e equipamentos sem apresentação de projetos; capital de giro isolado pelo FNO e recurso próprio com seis meses de carência e 18 meses para pagar sem necessidade de projetos; garantia de recebíveis ou aval dos sócios; e garantia de máquina ou veículos, somente o próprio bem, para clientes de risco A ou AA.
O maior objetivo, com isso, é conferir mais agilidade na contratação de financiamentos. “Acreditamos que neste ano chegaremos a mais de R$ 200 milhões contratados com facilidade. Mas o patrimônio do Fundo está crescendo, uma vez que provém da arrecadação de impostos e IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), portanto teremos condições de atender muitos projetos”, garantiu Marivaldo.
Ele tranquilizou os empresários quanto à crise, apresentando várias razões para se ter otimismo, conforme reportagem da revista Veja de 4 de março: reservas de 200 bilhões de dólares intocadas depois de seis meses de crise; bancos competentes, regulados, com baixa exposição a riscos; ausência de bolhas de crédito e imobiliária, com potencial de crescimento real desses setores; mercado interno forte, crescendo em poder de compra e em proporção da população; estabilidade política, em que a democracia foi entronizada como patrimônio nacional; e as mesmas projeções que apontam estagnação no mundo estimam crescimento do PIB do Brasil em 2009.
FNO 2009 – No próximo dia 26, em parceria com o Governo do Estado, o presidente do Banco da Amazônia, Abidias José de Sousa Júnior, fará o lançamento dos recursos do FNO para 2009 destinados ao Acre. Para o presidente da FIEAC, João Francisco Salomão, essa iniciativa vem ao encontro das necessidades dos empresários acrianos, uma vez que a concessão de crédito é um dos grandes gargalos do setor produtivo privado local.
“Para que a indústria se desenvolva e se fortaleça, ela deve se tornar cada vez mais independente do Estado. E uma das maneiras de se conseguir essa independência é por meio da concessão de créditos, com prazos mais flexíveis para pagamento”, destacou.


0 comments:

Postar um comentário

Resultado da pesquisa