30 de mar de 2009

Empresa catarinense recebe segunda indicação para Top 100

Artesãos comemoram reconhecimento pela produção de tapetes com a utilização de técnicas biodegradáveis

Fábrica da Toca Tapetes, empresa catarinense que utiliza técnicas biodegradáveis na produção
Rio de Janeiro - De uma produção doméstica e pouco valorizada a um negócio estruturado com dois pontos de venda e comercialização em mais de 12 estados. A Toca Tapetes é resultado do trabalho de um grupo de artesãos que procurou no conhecimento e na formalização uma saída para viver do próprio talento. Pelo sucesso desta trajetória, a empresa, que reúne cerca de 120 associados, foi indicada pela segunda vez para o prêmio Top 100 de Artesanato...

“Ficamos orgulhosos demais pela segunda indicação! Ganhamos muito respeito dos clientes quando eles viam nossa certificação como uma das 100 unidades mais produtivas do país. Agora, nossa responsabilidade aumenta ainda mais”, reage um dos sócios fundadores, Benoni Teixeira de Oliveira.

Os artesãos de Aranaguá, sul de Santa Catarina, viviam da revenda indireta. “Ter peças prontas em casa não significava comida no fim do mês. Os atravessadores falavam que o que a gente fazia não tinha valor e pagavam de acordo com a vontade deles”, relata Oliveira.

A virada começou em 2002 quando tiveram consultoria do Sebrae. Com a qualificação e formalização da Toca Tapetes, os oito sócios fundadores da empresa que emprega 120 pessoas ganharam estrutura para viver dignamente do próprio trabalho.

Um dos diferenciais do trabalho deles é o respeito com o meio ambiente. Todos os tapetes coloridos são tingidos com corantes biodegradáveis. No final de 2007, com a ajuda da prefeitura e do Sebrae, a empresa começou a fazer o tratamento de água para eliminar os resíduos químicos. Estes cuidados, segundo Oliveira, são reconhecidos pelos clientes. A empresa também se prepara para atuar no segmento do Comércio Justo.

A Toca Tapetes continua apostando forte na expansão. Além da qualificação constante, parte do lucro está sendo reinvestido na compra de teares semiautomáticos. Todos os fios, antes reaproveitados da produção de tabaco, são novos. A qualidade do produto e o cumprimento de prazos de entrega já foram incorporados ao trabalho. Todas as etapas de produção são controladas. “Meu depósito era uma bagunça e, às vezes, as tecedeiras ficavam sem ter o que fazer, porque não sabia como organizar o trabalho”, reconhece Oliveira.

O resultado de todo este esforço de profissionalização pode ser medido em números. Quando iniciou as atividades, a produção mensal era de 500m² por semana. Hoje, confeccionam entre três e quatro mil m² por mês.

“Mudamos o nosso conceito de empreendedorismo. Criamos modelos diferentes para os nossos produtos e estamos introduzindo o crochê, que representa trabalho para mais pessoas. Além da loja, temos um ponto de atacado que recebe seis excursões por semana. Aqui, ninguém mais é amador”, orgulha-se Oliveira.

Serviço:
Agência Sebrae de Notícias - (61) 3348-7138
Sebrae em Santa Catarina - (48) 3221-0800 - www.sebrae-sc.com.br
Toca Tapetes - (48) 3524-9288


0 comments:

Postar um comentário

Resultado da pesquisa