16 de mar de 2009

PAC Embrapa: 99,9% das ações executadas em 2008

Balanço do Programa de Fortalecimento e Crescimento da Embrapa (PAC) mostra que 99,98% dos recursos destinados às ações da empresa foram aplicados em 2008. A informação foi anunciada pela chefe da secretaria-executiva do programa, Vania Castiglioni, na reunião da Frente Parlamentar Mista de Apoio à Pesquisa Brasileira, na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Cerca de R$ 61 milhões custearam ações ligadas à Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) e R$ 17,6 milhões, à adaptação da infraestrutura física de 137 mil m2 de edificações. Esses recursos financiaram também medidas de adequação ambiental, laboratórios e campos experimentais às normas internacionais.

Estudos para a criação e implantação de uma unidade de pesquisa no estado de Mato Grosso e a revisão do modelo de gestão da Embrapa foram realizados no período. A aquisição de equipamentos de campo e de laboratório, utilizados para a execução de pesquisas, envolveu cerca de R$ 4 milhões. O Centro Nacional de Pesquisa em Macroestratégia foi criado para promover estudos prospectivos que contribuam para o desenvolvimento institucional e programático da empresa.

Pessoal - A capacidade intelectual da empresa foi reforçada com R$ 2,2 milhões aplicados no treinamento de 558 empregados, em nível gerencial e estratégico, e em 826 participações em cursos de curta duração. Nove pesquisadores se integraram ao programa de pós-graduação e 200 profissionais foram contratados para 46 unidades da empresa.

Exterior - O fortalecimento da atuação internacional da empresa recebeu R$ 2,4 milhões. No ano passado, foram incorporados dois novos pesquisadores no Labex EUA, dois no Labex Europa e um na Embrapa África e a Coreia do Sul, país que recebeu o primeiro Labex no continente Asiático. A unidade da Venezuela, criada e instalada, iniciou estudos para a criação da Embrapa América Latina.

Vania Castiglioni destacou vantagens da atuação internacional da Embrapa como a oportunidade de acompanhar o avanço científico no mundo, possibilitando estabelecer estratégias futuras. Lembrou que o Brasil é referência no desenvolvimento e transferência de tecnologias tropicais, com possibilidade de negócios para atuação de empresas brasileiras no exterior, gerando divisas para o País.

Obras do PAC - As obras do Plano de Aceleração do Crescimento, o PAC do governo federal são acompanhadas pela Embrapa Monitoramento por Satélite, em Campinas/SP.

Lis Weingärtner,

Mapa, com informações da Embrapa

www.agricultura.gov.br



Fonte: Grupo Cultivar


0 comments:

Postar um comentário

Resultado da pesquisa