16 de mar de 2009

GDS encerra-se atingindo a expectativa dos calçadistas brasileiros

Düsseldorf/Alemanha – Com movimentação acima do esperado, os calçadistas brasileiros cumpriram suas expectativas durante a GDS – mostra alemã que começou na sexta-feira (13) e se encerrou neste domingo (15), em Düsseldorf. Durante esses três dias, o calçado brasileiro foi apreciado por compradores europeus e de outras partes do mundo, sendo que o espaço do Brazilian Footwear teve uma excelente visitação, levando em consideração a crise financeira mundial, que está gerando uma retração no consumo. O valor de negócios fechados ainda não foi levantado, porém a maioria afirma que as vendas ficaram dentro das projeções.

Conforme Edela Land, da Cosmopolitan – empresa que representa as marcas Werner, Wolpco e Nicolla Mezzi na Alemanha – os resultados ficaram dentro do previsto, porém quase não teve novos contatos. “Os clientes antigos vieram e todos eles compraram, mas a abertura de novos mercados ficou prejudicada”, afirmou Edela.

A as marcas Malu e Território Nacional (Lindolfo Collor/RS), ambas do mesmo fabricante, abriram uma série de contatos novos, ao contrário da grande maioria dos expositores. “Abrimos contatos muito interessantes em países novos como Egito, Chipre e África do Sul”, apontou Nathalia Schneider, do departamento de exportação. “Isso nos surpreendeu positivamente, porque não esperávamos tanta movimentação, tampouco a concretização de negócios”, arrematou. Atualmente, as duas marcas exportam entre 30% a 40% de sua produção.

Para a Klin (Birigui/SP) a GDS também foi positiva, embora nenhum negócio tenha sido ainda concretizado. De acordo com Fábio Chalita, a marca fez muitos contatos novos. Alemanha e Egito são os países que estão entrando para os contatos de exportação, porém foram captados novos compradores de outros países para onde já enviam seus produtos. A Klin exporta em torno de 40% do total de sua produção.

Visita – O último dia de feira também foi de homenagens. A marca Paralelepypedo (Saudades/SP) aproveitou a data para entregar um calçado à diretora da feira, Kirstin Deutelmoser. Ela foi ao estande coletivo do Brazilian Footwear, onde está localizada a empresa, para receber o presente. Acompanhada de Marine Diecken, responsável pelo pavilhão White Cubes - onde expõem as criações mais conceituais da feira – ela conheceu toda a coleção da marca e conversou um pouco com os representantes da Paralelepypedo.

Consumidores de calçado também prestigiaram as coleções made in Brazil. A alemã Claudia Baune, moradora de Düsseldorf e grande consumidora de calçados, já havia adquirido o produto brasileiro há mais tempo e foi até a feira conferir, ao vivo, as novas coleções verde-amarelas. “Gosto muito da qualidade e do design do calçado brasileiro. Estava curiosa para ver as novidades. Está tudo muito bonito, muito criativo”, assinalou.

Comemoração – Mesmo em tempos de crise, a organização da GDS fez questão de receber seus expositores e convidados em uma comemoração muito especial. Na noite do dia 14 de março, a recepção foi em uma das casas noturnas mais badaladas de Düsseldorf. O jantar informal e repleto de criatividade na decoração teve direito a shows e muita música. O lugar, com uma decoração moderna e irreverente, agradou muito ao público, que se divertiu ouvindo boa música e dançando.

Participaram da GDS, no estande coletivo, as marcas Pegada, Ramarim, Piccadilly, Divietto, Cecconello, Nicolla Mezzi, Dilly, TryOn, Malu Super Comfort/Território Nacional, Wolpco, Klin, Bical, Bottero/Madeira Brasil, Paralelepypedo, Ricarelly e Lia Line. De forma individual, participaram Rider/Ipanema/Grendha, Via Uno, Miezko, Anatomic&Co, Beira Rio/Vizzano/Toccado e Sapatoterapia.

O Brazilian Footwear é o Programa de Promoção de Exportações de Calçados desenvolvido pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) em parceria com a Agência de Promoção às Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), ligada ao governo federal.

Caren Souza
Assessora de Comunicação Abicalçados/Brazilian Footwear
caren@abicalcados.com.br


0 comments:

Postar um comentário

Resultado da pesquisa