20 de mar de 2009

Goianésia poderá exportar melancia

Uma equipe de técnicos do Ministério da Agricultura realiza hoje e amanhã, dia 20, em Goianésia, uma auditoria no Sistema de Minimização do Risco da Praga da Mosca da Fruta em Curcubitáceas (abóbora, melão e melancia), programa implantado pela Agrodefesa. Ao ser comprovado que a praga da mosca da fruta está sob controle, o Ministério da Agricultura declara que a área está apta a exportar. A mesma auditoria já foi realizada na região do Vale do São Patrício e nos municípios de Rio Verde, Santa Helena e Maurilândia.

Hoje alguns municípios goianos já exportam melancia para o mercado argentino. De acordo com a gerente de Sanidade Vegetal da Agrodefesa, Eliria Alves Teixeira, o monitoramento da mosca da fruta é feito com armadilhas, onde são coletadas amostras, que posteriormente são enviadas ao Laboratório de Insetos da UFG para análise.

As larvas da mosca da fruta atacam as polpas das frutas de diversas culturas, prejudicando a qualidade e representam uma praga agrícola. Eliria Alves ressalta que, além da Região do Vale do São Patrício (Uruana, Itapuranga, Jaraguá e Ceres), os municípios de Rio Verde, Santa Helena e Maurilândia obtiveram em fevereiro último o reconhecimento oficial e a autorização para exportar melancia fresca para a Argentina. O mesmo procedimento começa a ser realizado agora em Goianésia.

Fonte: Governo de Goiás


0 comments:

Postar um comentário

Resultado da pesquisa