8 de abr de 2009

Você sabia que o Brasil tem um Polo Internacional de Vinhos? Conheça a rota do vinho e do vale do São Francisco

O Polo Internacional de Vinhos, que reúne os municípios pernambucanos de Petrolina, Santa Maria da Boa Vista, Lagoa Grande e Orocó, fabrica bebidas jovens, frutadas e aromáticas. Das 12 vinícolas, 11 estão no Estado de Pernambuco e a produção chega a sete milhões de litros, o equivalente a 23% do total produzido no país.

Alguns vinhos já conquistaram espaço fora do país e são exportados para a Alemanha, Dinamarca, Estados Unidos, Inglaterra e Japão. Hoje, Lagoa Grande e Santa Maria da Boa Vista possuem cerca de 500 hectares plantados de uvas Vitis Viníferas. Conheça um pouco das caractarísticas turísticas de cada cidade que compõe as cidades da rota.

Petrolina

Também conhecida como a cidade das carrancas. Essas enigmáticas esculturas - compostas apenas de cabeça e pescoço e que misturam feições humanas e animais - eram utilizadas nas embarcações do rio São Francisco, no final do século XIX, para adornar os barcos e afugentar os maus espíritos. Embora as carrancas possam ser encontradas em todas as lojas de artesanato da cidade, alguns escultores são mais notórios - como Ana Leopoldina dos Santos, a Ana das Carrancas, e Gabriel Pereira Filho, o Biu Carranqueiro.

Santa Maria da Boa Vista

A cidade realiza a Festa da Melancia, no mês de março, que reúne 60 produtores da fruta da região, expondo e comercializando produtos derivados da fruta. Entre os produtos à venda, estão geléias, sucos, doces e licores. Também é conhecida por ter uma associação de artesãos cuja sede tem endereço próprio no Mercado Público de Santa Maria da Boa Vista, na Travessa Rosa e Silva, S/N – Centro. Para conhecer quem são eles e os seus mais variados produtos, clique no link abaixo:

Lagoa Grande

Hoje é um pequeno município de Pernambuco em pleno desenvolvimento. Sua atividade principal é a fruticultura (especialmente uvas) e a vinicultura. Suas uvas e vinhos são exportados para vários países, onde já ganharam vários prêmios. A cada dois anos, acontece a Vinhuva Fest, onde os interessados em uvas e vinhos tem a chance de conhecer mais de perto os produtos desse município. Para entender melhor o processo da confecção da bebida de Baco, uma visita a vinícola Garziera, na Fazenda Garibaldina, proporciona o acompanhamento de todo o processo industrial, desde o parreiral até o engarrafamento.

Orocó

Orocó é formado pelo distrito sede e pelos povoados de Agro-Vilas Casa Nova, Vitorino, Sítio Pereira, Projeto Brijada e Remanso. As terras do município foram habitadas primitivamente por indígenas, por ser uma boa área de caça e pesca. O município de Orocó está localizado na mesorregião São Francisco e na Microrregião Petrolina do Estado de Pernambuco, limitando-se a norte com Parnamirim, a sul com Estado da Bahia, a leste com Cabrobó, e a oeste com Santa Maria da Boa Vista.
Fonte: Interjornal



0 comments:

Postar um comentário

Resultado da pesquisa