27 de mar de 2009

Brasil dobrou barreiras em 2008

O Brasil dobrou o número de medidas defensivas no fim de 2008. Os números fazem parte do relatório da Organização Mundial do Comércio (OMC) sobre o protecionismo. O governo brasileiro foi o segundo a iniciar o maior número de medidas antidumping contra produtos estrangeiros. O governo argentino também é citado pela adoção de medidas para proteger o mercado.

A OMC diz que alguns governos reagiram à crise criando barreiras e provocando distorções. Só no setor de calçados, nove medidas foram adotadas por diferentes países. Um deles foi o Brasil, que iniciou investigação de dumping contra a China.

No caso de medidas antidumping, a OMC alerta para o rápido aumento. No segundo semestre de 2008, houve alta de 27% nos casos. Em 2009, outras 29 investigações contra produtos estrangeiros foram iniciadas. Em 2008, a Índia iniciou mais casos: 42. Já o Brasil é o segundo lugar, com 16, o dobro de 2007. Os principais alvos foram a China, a Europa e os Estados Unidos.

Fonte: O Estado de São Paulo


0 comments:

Postar um comentário

Resultado da pesquisa