6 de abr de 2009

Programa Benchmarking avalia práticas de sustentabilidade

Por Raquel Marques, Cámara Española

O comitê de Responsabilidade Social discutiu em sua última reunião o conceito Benchmarking. Para abordar a utilidade dessa ferramenta, a Cámara recebeu Marilena Lavorato, organizadora do Programa Benchmarking Ambiental Brasileiro, que reconhece as instituições detentoras das melhores práticas de sustentabilidade.

Lavorato explicou a metodologia adotada para identificar as empresas premiadas que existe desde 2002, quando uma pesquisa foi feita com empresas variadas para mapear tais práticas.

Benchamarking é o processo de comparação entre dois ou mais sistemas, por meio do qual se examina os melhores resultados realizados por uma empresa em uma função específica a fim de melhorar como realizar a mesma ou uma função semelhante. No caso do Programa, a publicitária esclarece: “O Benchmarking não reconhece o produto, nem a empresa, ele reconhece a prática de sustentabilidade”

O Programa está em sua 7ª edição e detém o maior Banco de Cases de Sustentabilidade de livre acesso do país. Entre seus derivativos, além do Banco Digital de Boas Práticas constam eventos abertos e publicações gratuitas. (Livro BenchMais - as 85 melhores práticas em gestão socioambiental do Brasil e Revista Benchmarking)

Durante a apresentação, os participantes levantaram a questão do significado para as empresas em realizar tais ações. Segundo Lavorato, o conceito de sustentabilidade é antigo, mas a gestão nas empresas é recente e precisa ser divulgada. E complementa: “Há uma séria de razões para as empresas participarem do Programa, mas o maior dos motivos é o valor de uma boa prática”.

RSC na Cámara

O coordenador do comitê, Eugenio Cabanes, ressaltou o avanço da Cámara Española na discussão do assunto, citando como exemplo a criação do próprio comitê, durante a gestão da diretoria atual, e a memória de responsabilidade social das empresas associadas.

Para Cabanes, é essencial que as empresas comuniquem as práticas de sustentabilidade que realizam. “A divulgação é importante. Não como mera propaganda, mas para conhecimento prático e reflexão”. O coordenador ainda destacou a relevância que o tema possui para a Cámara: “Temos o orgulho de dizer que as empresas espanholas levam muito a sério estas práticas”

Saiba mais: www.maisprojetos.com.br



0 comments:

Postar um comentário

Resultado da pesquisa