5 de mar de 2009

Governo paulista atende pedido da Fiesp e desonera produtos voltados à exportação

Agência Indusnet Fiesp
Agora o governo irá regulamentar as formas de utilização desses benefícios

O governo do estado de São Paulo instituiu um diferimento para o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) incidente nas operações internas de bens voltados à integração ao ativo imobilizado e de insumos utilizados no processo produtivo de mercadorias destinadas a exportação (drawback paulista), visando incentivar o setor industrial.

A iniciativa, formalizada com a publicação no Decreto 54.007/08 no Diário Oficial do Estado de 13/02/2009, representa mais uma vitória da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) na busca por saídas para reduzir os impactos da crise econômica mundial.

A fim de proporcionar condições de crescimento e geração de novos postos de trabalho e renda para a população, a entidade apresentou recentemente ao governo paulista uma proposta na qual pedia a desoneração da cadeia exportadora, bem como dos investimentos em bens de capital, possibilitando um incremento na produção do setor industrial.

O governo agora regulamentará as formas de utilização desses benefícios.

0 comments:

Postar um comentário

Resultado da pesquisa