11 de mar de 2009

Cinco estados brasileiros apresentaram crescimento das exportações em fevereiro

Em fevereiro, mês no qual as exportações brasileiras indicaram uma queda média de 25% sobre o mesmo mês do ano passado, cinco estados apresentaram crescimento dos embarques internacionais: Amapá (+484,6%), Piauí (+223,5%), Mato Grosso (+38,1%), Pernambuco (+6,6%) e Roraima (+3,8%). O Centro-Oeste manteve variação positiva (+5,5%), enquanto as demais regiões brasileiras registraram índices negativos no comparativo com fevereiro de 2008. Os números referentes ao desempenho das 27 unidades da federação brasileira no comércio exterior foram publicados hoje (11/3) no site do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).
A balança comercial brasileira registrou, em fevereiro, exportações de US$ 9,5 bilhões, com média diária de US$ 532,5 milhões. As importações, na mesma comparação, somaram US$ 7,8 bilhões (média diária de US$ 434,4 milhões) e registram uma queda de -34,6 %.
Exportações
A Região Sudeste – Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo – totalizou embarques de US$ 5,2 bilhões. Os quatro estados apresentaram uma retração de 27,8% das exportações em relação ao mesmo mês de 2008. Minas Gerais teve a menor queda (-10%), com exportações de US$ 1,3 bilhão, o que resultou na segundo melhor desempenho nacional. As empresas do estado de São Paulo exportaram US$ 2,7 bilhões (-33,8% sobre fevereiro de 2008) e apresentaram o maior resultado brasileiro. Espírito Santo e Rio de Janeiro apresentaram queda das exportações de 38,9% e 20,9%, respectivamente.
No Sul do país, o mês de fevereiro encerrou com vendas internacionais de US$ 1,9 bilhão, o que refletiu num índice negativo de 31,5% em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando as exportações chegaram a US$ 2,7 bilhões. Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina realizaram embarques para mercados internacionais na ordem de US$ 873,8 milhões - US$ 595,2 milhões e US$ 447,7 milhões cada.
O Nordeste brasileiro registrou, no mês, exportações no valor de US$ 834,2 milhões. Sete dos nove estados integrantes da região apresentaram declínio nos números, resultando em uma retração média regional de 20,1% sobre o desempenho registrado em fevereiro de 2008. Em contrapartida, os estados do Piauí (US$ 16,5 milhões) e Pernambuco (US$ 69,9 milhões) mantiveram índices positivos de 223,5% e 6,6%, respectivamente.
Na Região Norte, o estado do Amapá apresentou o maior índice de crescimento de todo o País (+ 484,6%) no comparativo com o mesmo mês de 2008. O Pará, primeira colocação no ranking regional, teve queda de 3,8%, na mesma comparação - com vendas internacionais em US$ 631,6 milhões.
O Centro-Oeste foi a única região que registrou alta das exportações em fevereiro, em relação ao ano anterior (+5,5%). Esse resultado foi puxado pelo desempenho do estado de Mato Grosso, que computou aumento de 38,1%, no comparativo com fevereiro de 2008 (US$ 369,2 milhões contra US$ 267,3 milhões). As exportações de Goiás, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal apresentaram queda de 17,6%, 25% e 57,8%, respectivamente.
Importações
No Sudeste, as importações do mês de fevereiro somaram US$ 4,8 bilhões, um decréscimo de 27% em relação a fevereiro de 2008 (US$ 6,6 bilhões). São Paulo importou US$ 3,3 bilhões, o que significou 42,55% de todos os desembarques brasileiros. No total das importações brasileiras no mês (US$ 7,8 bilhões), 62% foram realizadas por empresas desta região.
Na Região Sul, houve queda de 37% das importações em relação ao desempenho de fevereiro de 2008. No panorama regional, Santa Catarina apresentou a menor retração (-9,7%, com importações de US$ 531 milhões), seguido pelo Rio Grande do Sul (-40,1%, com desembarques de US$ 594,2 milhões) e Paraná (- 49% com compras de US$ 556,8 milhões).
No Nordeste brasileiro, os estados da Paraíba - com importações de US$ 34,3 milhões - e Rio Grande do Norte - US$ 12,6 milhões - encerraram o mês com uma alta de 14% e 6,8% com relação a fevereiro de 2008. A região apresentou a maior retração (-65,8%), no comparativo com o mesmo mês em 2008, com US$ 461,7 milhões em desembarques internacionais.
No encerramento do mês, a Região Norte apresentou queda das importações de 27,5%, no comparativo com fevereiro do ano passado. Porém, dos sete estados integrantes do Norte brasileiro, apenas dois tiveram desempenhos negativos: Amazonas (-35%) e Roraima (-83%). Os demais estados nortistas obtiveram índices positivos sobre as importações de fevereiro de 2008.
No Centro-Oeste, o estado de Goiás importou US$ 162,2 milhões e obteve índice positivo de 2,5% em relação a fevereiro de 2008. A região, composta pelos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal, encerrou o mês com desembarques internacionais de US$ 315,4 milhões, o que representou uma queda de 46,3% em relação ao mesmo mês do ano anterior.



0 comments:

Postar um comentário

Resultado da pesquisa