11 de mar de 2009

Feira do Cairo será na próxima semana

Empresas brasileiras interessadas em enviar material promocional para a mostra multissetorial devem entrar em contato o mais breve possível com a Câmara Árabe, que terá estande de 60 metros quadrados.
Alexandre Rocha alexandre.rocha@anba.com.br
São Paulo – A Câmara de Comércio Árabe Brasileira participa novamente este ano da Feira Internacional do Cairo, que vai ocorrer de 18 a 27 de março na capital egípcia. A entidade terá um estande institucional de 60 metros quadrados para exposição de material de empresas brasileiras.

A mostra, que está na 42ª edição, é multissetorial. Segundo a Câmara Árabe, entre os principais produtos importados pelo Egito estão máquinas para a indústria, máquinas e equipamentos agrícolas, veículos, eletrônicos e alimentos.

Empresas interessadas em enviar material promocional ao evento, como catálogos e pequenas amostras, devem entrar em contato o mais breve possível com o Departamento de Marketing da Câmara (veja o contato abaixo). A entidade estará representada por dois funcionários durante o período da exposição, um da área de Marketing e outro do Departamento de Comércio Exterior.

No ano passado, a feira reuniu 680 expositores, sendo 273 internacionais originários de 26 países. Ela foi visitada por cerca de 20 mil empresários egípcios e mais 7,2 mil representantes de companhias estrangeiras. Nos três primeiros dias a exposição é apenas para empresários, depois é liberado o acesso ao público em geral.

Do Brasil, o Egito compra principalmente açúcar, minério de ferro e carne bovina, mercadorias que respondem por cerca de 60% da pauta. Outros produtos importantes no comércio bilateral são alumina calcinada, chassis com motor para ônibus, fumo, óleo de soja e frangos. As exportações brasileiras ao país árabe renderam US$ 1,4 bilhão no ano passado, um aumento de 13,75% em comparação com 2007, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Na outra mão, as vendas do Egito ao Brasil somaram US$ 218 milhões em 2008, um crescimento de 313% em relação ao ano anterior, de acordo com o MDIC. Os principais produtos comercializados foram insumos para a indústria de fertilizantes e naftas para o setor petroquímico.

“Além da presença na feira, vamos visitar alguns organizadores de eventos para, a partir de 2009, participarmos, junto com o setor empresarial, de mostras setoriais no país”, disse o secretário-geral da Câmara Árabe, Michel Alaby.

Após essas visitas, será feito um cruzamento de dados sobre o que o Brasil exporta ao Egito e o que o país árabe importa de outros fornecedores, e não do Brasil, para verificar quais são os eventos setoriais com maiores perspectivas de negócios para as empresas brasileiras.

Mais informações

Câmara de Comércio Árabe Brasileira
Departamento de Marketing
Tel: +55 (11) 3147-4072 / 73
E-mail: marketing@ccab.org.br



0 comments:

Postar um comentário

Resultado da pesquisa