28 de mar de 2009

Concurso vai selecionar Equipe de Baristas Cafés do Brasil

Inscrições estão abertas até dia 15 de abril. Serão selecionados dois times que apresentarão os Cafés do Brasil no mundo...

Os baristas, especialistas no preparo de café ‘espresso’, passam a fazer parte das ações do calendário 2009/2010 do PSI – Projeto Setorial Integrado de Promoção à Exportação de Cafés Industrializados, realizado pela Apex-Brasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos em parceria com a ABIC – Associação Brasileira da Indústria de Café.

A seleção das duas duplas – times titular e reserva – será feita através do concurso ‘Equipe de Baristas Cafés do Brasil 2009/2010’ (Brazilian Barista Coffee Team), que está sendo organizado pela ABIC.

As inscrições, gratuitas, já estão abertas e devem ser feitas até dia 15 de abril pelo hotsite www.abic.com.br/baristas, onde está também o regulamento completo. Após preencher e enviar a ficha de inscrição (com um currículo detalhado e elaborado de acordo com os critérios de seleção), o candidato receberá um e-mail de confirmação com as instruções para a remessa, on-line, de fotos e/ou vídeos de suas performances.

A coordenação do concurso fará uma pré-seleção, com base na análise do perfil e qualificação dos inscritos, e indicará 10 finalistas do sexo masculino e 10 do sexo feminino que realizarão uma prova presencial, na sede do Sindicafé-São Paulo (Praça Dom José Gaspar, 30 – 21º andar – Centro – São Paulo-SP), em data e horário a serem divulgados. Todas as despesas de transporte, hospedagem e alimentação correm por conta do candidato interessado.

Os grupos masculino e feminino serão classificados na ordem do 1º ao 10º colocado. O 1º colocado do grupo masculino e a 1ª colocada do grupo feminino formarão o time titular. Os segundos colocados de cada grupo formarão a equipe reserva, que poderá ser convocada nos casos de impossibilidade dos titulares.

Critérios da pré-seleção
A pré-seleção dos inscritos será feita por um júri de quatro experts que irá avaliar o potencial de cada candidato. No regulamento estão todos os detalhes e pontos do que será avaliado

Serão levados em consideração critérios como: Formação - serão valorizados cursos e workshops relacionados ao café e formação do barista; Experiência - serão valorizados os locais onde atuou e há quanto tempo desenvolve a atividade; Títulos e Prêmios/Colocação em Concursos - serão valorizados os prêmios ou a colocação obtida em concursos de baristas (comprovação é obrigatória); Habilidades Performáticas - descrição de cursos e habilidades performáticas que podem colaborar com uma interação diferenciada com o público; Idiomas - como os vencedores participarão de atividades no exterior, o domínio de idiomas é decisivo. Requer-se, no mínimo, fluência em Inglês (a falta de fluência em inglês poderá vir a desclassificar o candidato); Disponibilidade para viagens – é pré-requisito para a escolha a disponibilidade para viagens no Brasil ou para o exterior; e Referências pessoais e profissionais.

Prova presencial: teórica, prática e oral
A prova presencial contará com apoio técnico da ACBB – Associação Brasileira de Café e Barista e será composta de três modalidades, todas realizadas no mesmo dia.

As duas primeiras modalidades são: Prova Teórica, com 8 questões sobre café (20 minutos), e Prova Prática, na qual o candidato deverá preparar em 15 minutos, para avaliação do júri, 4 cafés espressos, 4 cappuccinos e 4 drinques de assinatura à base de ‘espresso’, e servir corretamente aos 4 juízes sensoriais que avaliam e dão notas para qualidade e apresentação das bebidas. Além de técnica, os candidatos têm que mostrar que entendem de café e, durante a apresentação, explicar, por exemplo, sobre a escolha do blend, origem dos grãos, características da produção, colheita, torra e moagem. A terceira modalidade da prova é um Teste Oral para comprovação da fluência em inglês e outros idiomas (20 minutos).

Na prova presencial, cada jurado atribuirá notas de zero a 10 para itens como: forma de servir, qualidade e apresentação das bebidas; conhecimento sobre café, mediante resultados da prova teórica e explanação durante a apresentação acerca de regiões produtoras, blends, características da produção, colheita, torra e moagem, e apresentação performática durante o preparo e ao servir as bebidas.

Sobre o PSI
O Projeto Setorial Integrado de Promoção à Exportação de Cafés Industrializados da Apex-Brasil tem sido fundamental para fomentar as vendas mundiais, e com maior valor agregado, de cafés em grão torrado ou moído produzidos no Brasil.

A exportação com marca brasileira é uma iniciativa muito recente, que assumiu uma característica de negócios consistentes a partir de 2002, quando foi firmado o primeiro convênio entre a Apex-Brasil e a ABIC. Nesses sete anos, em função das ações do PSI, as vendas aumentaram em quase 800%: de US$ 4 milhões, em 2002, para US$ 35,6 milhões, em 2008.

O novo convênio firmado entre Apex-Brasil e ABIC, com validade até 2010, prevê novas estratégias para a inserção dos Cafés do Brasil em diferentes mercados e também junto à alta gastronomia, principal porta de entrada para os cafés gourmet. Daí a grande importância do Brazilian Barista Coffee Team.

Informações sobre o Concurso: no hotsite www.abic.com.br/baristas, pelo e-mail baristas@abic.com.br ou diretamente na ABIC, pelo telefone (21) 2206 6161, com Christianne Monteiro ou Pablo Carmelo.

Divulgação: Tempo de Comunicação – 27/03/2009
Jorn. Resp.: Marília Moreira (MTb 11.381) – Contato: Eduardo Buitron.
Fone/Fax: (11) 3868 4037 – tempocom@uol.com.br



0 comments:

Postar um comentário

Resultado da pesquisa