14 de abr de 2009

O Comércio Brasil/Argentina dos produtos transformados plásticos

O comércio dos produtos transformados plásticos entre Brasil e Argentina se manteve crescente no período analisado e favorável ao Brasil em peso e em valor com exceção nos anos de 1997 e 1998 na questão do peso.
O maior volume de comércio foi registrado nos produtos transformados de plástico básicos (Capítulo 39), cuja balança comercial sempre foi favorável ao Brasil.
As exportações para a Argentina representaram em média nos últimos 8 anos, em peso e em valor, em torno de 27% em peso e 26% em valor do total das vendas externas dos produtos transformados plásticos, enquanto que as importações da Argentina representaram em média 15% do total importado em peso e 10% em valor.

Os 10 principais produtos exportados têm se mantidos os mesmos no período analisado, representando 53% do total. Por ordem decrescente encontramos:
3923.10.90 Outs.artigos semelh.caixas,engradados,etc.de plastico

3921.90.19 Outras chapas,etc.de outras plasticos,estratificadas

3920.20.19 Outras chapas,etc.polim.propileno,biax.orient.s/suporte

3923.50.00 Rolhas,tampas,etc.p/fechar recipientes,de plasticos

3920.10.99 Outras chapas de polimeros de etileno,n/reforcadas,etc.


3920.43.90 Outs.chapas de polim.cloreto vinila,plast>=6%

3919.10.00 Chapas,fls.etc.auto-adesivas,de plasticos,rolos,l<=20cm 3,79
3920.62.19 Outs.chapas,etc.tereft.polietileno,e<=40 micr.s/suporte 2,96
3923.30.00 Garrafoes,garrafas,frascos,artigos semelhs.de plasticos 2,89
3921.12.00 Outs.chapas,etc.de polimer.de cloreto vinila,alveolares 2,88

Já as importações estiveram concentradas nos seguintes produtos por ordem decrescente, representando 78% do comércio: NCM Produto % s/ total em 2008 3923.30.00 Garrafoes,garrafas,frascos,artigos semelhs.de plasticos 29,54 3920.10.99 Outras chapas de polimeros de etileno,n/reforcadas,etc. 13,50 3921.90.19 Outras chapas,etc.de outras plasticos,estratificadas 7,78 3920.20.19 Outras chapas,etc.polim.propileno,biax.orient.s/suporte 5,98 3919.10.00 Chapas,fls.etc.auto-adesivas,de plasticos,rolos,l<=20cm 4,02 3917.32.90 Outros tubos de plasticos,nao reforcados,sem acessorios 2,86 3926.30.00 Guarnicoes p/moveis,carrocarias e semelhs.de plasticos 2,83 3919.90.00 Outs.chapas,folhas,tiras,etc.auto-adesivas,de plasticos 2,60 3923.50.00 Rolhas,tampas,etc.p/fechar recipientes,de plasticos 2,58 3920.49.00 Outs.chapas,fls.etc.de polim.cloreto vinila 2,27 O valor médio por tonelada das exportações e importações brasileiras registrou um crescimento desde 2004. Em 2008, as exportações apresentaram um preço médio de US$ 4.052,01/tonelada enquanto que as importações foi US$ 3.373,73/tonelada. A balança comercial brasileira dos produtos transformados plásticos se manteve nos últimos 3 anos favorável ao Brasil com uma média de US$ 115 milhões/ano. No primeiro bimestre de 2009 em comparação com 2008, foi registrada uma queda acentuada no comércio, com uma redução de 40% nas exportações e 25% nas importações, no comercio entre os dois países.

0 comments:

Postar um comentário

Resultado da pesquisa